O melhor investimento de sua vida é salvar o mundo

Independente de ter filho ou não, imagino que você deve se preocupar com o mundo que deixaremos para as próximas gerações, certo? Vale a pena trabalhar tanto, acumular riqueza, economizar hoje e planejar a aposentadoria se talvez não tenhamos um planeta saudável para viver?

Com certeza não. Assim, seu tempo e investimento em educação, treinamentos, desenvolvimento profissional e pessoal podem ser em vão se não tivermos um planeta para viver. Além disso, todo o cuidado em bem-estar, saúde e boa alimentação para você e sua família não faz muito sentido se o mundo ao redor não foi adequado para vivermos. Desta forma, precisamos entender como as ações humanas têm impactado negativamente o planeta e o que precisamos fazer para diminuir esses impactos e recuperar o que já foi afetado.

A proteção do planeta é desafiadora e complexa

No entanto, salvar o planeta é algo muito desafiador e complexo. Primeiro, temos várias ameaças ao planeta: queima de combustíveis fosseis, caça e pesca predatória, contaminação de rios, lagos e oceanos, desertificação, lixo urbano e industrial e a cadeia de produção de alimentos e fibras. Segundo, cada uma dessas ameaças é influenciada por dezenas de fatores e cada fator pode contribuir com várias ameaças. Isto faz com que qualquer iniciativa de análise e melhoria de uma das possíveis ações humanas que estejam contribuindo com impactos negativos ao planeta seja impossível de ser tratada de forma isolada.

Apesar desses desafios e do alto nível de complexidade, não podemos nos intimidar ou negar nossa responsabilidade. Precisamos melhorar o mundo que vivemos. Caso contrário não faz muito sentido estarmos investindo tanto em nós mesmos, nossos filhos e em nosso bem estar.

Youagro é a rede social da sustentabilidade na agricultura

Assim, aqui no Youagro, vamos focar em uma destas áreas essenciais para o crescimento da humanidade e manutenção da sociedade como conhecemos. Estamos falando da cadeia de produção de alimentos e fibras. Ou agricultura e pecuária ou qualquer uma das diversas designações como silvicultura ou aquacultura dependendo do produto final que está sendo gerado.

O blog do Youagro irá gerar conteúdo sobre experiencias e experimentos que tem tornado a produção de alimentos mais sustentável no Brasil e no mundo. Estaremos publicando e promovendo discussões com base em fatos e dados e experiencias com fontes de informação confiável e transparente.

Afinal de contas, em um mundo com tanta facilidade de produção e distribuição de notícias e informações, precisamos estar atentos ao que é fato ou mito. Neste sentido, até que ponto a cadeia de produção de alimentos é realmente uma vilã na sustentabilidade do planeta? Ou seja, o que realmente é fato ou mito nos impactos da agricultura na humanidade, na natureza e no planeta?

Adiciona-se ao questionamento das fontes de informação, o fato de que a produção de alimentos significa segurança alimentar para toda a humanidade. Ou seja, na capacidade de produzir alimentos para todos. Por esse motivo, a agricultura não representa apenas mais um segmento da economia. Quando falamos de agricultura estamos falando de alimentar seres humanos independentemente do nível econômico ou da estrutura social do produtor e consumidor de alimentos.

Por fim, como a população mundial cresce continuamente, a produção de alimentos precisa continuar aumentando também. E o aumento da produção de alimentos é resultado da inovação tecnológica na agricultura e do desenvolvimento de novos sistemas de produção. A combinação desses fatores de produção é essencial para o aumento da produtividade, ou produção por unidade de área, cultivo de plantas ou criação de animais em condições não existentes anteriormente. Porem, ao mesmo tempo que as tecnologias e o conhecimento têm contribuído para alimentar a humanidade, ambos também tem impactado a sustentabilidade econômica, social e ambiental.

Por outro lado, além de garantirem o alimento de cada dia, as tecnologias também têm resultado em melhorias na cadeia de produção de alimentos. Isto porque a inovação tecnológica é constante e abrangente. Ou seja, existe sempre algo novo surgindo para melhorar o que já está sendo utilizado.

Como a necessidade é a mãe de todas as invenções, os motivadores para esta inovação tecnológica contínua incluem várias demandas humanas e ambientais. Uma dessas necessidades é a de diminuir o impacto das próprias tecnologias na sustentabilidade econômica, social e ambiental. Ou a necessidade do aumento de produção de alimentos ou de sua qualidade ou de certas características destes alimentos. Enfim, a inovação tecnológica é responsável pela evolução no aumento e melhoria da cadeia de produção de alimentos.

Enfim, vimos neste texto que não faz muito sentido investirmos tanto em riqueza ou bem-estar para termos uma vida melhor e mais saudável nas próximas décadas se, talvez, não tenhamos um planeta para viver. Além disso, as tecnologias são cruciais para o contínuo aumento da produção de alimentos e que essas podem causar alguns impactos negativos no planeta. No entanto, essa mesma inovação tecnológica é agora ainda mais crítica para a sobrevivência da humanidade e preservação do planeta.

Assim, se você conhece algum exemplo ou iniciativa para tornar a agricultura mais sustentável, envie para nós. Além disso, continue visitando o nosso blog e inscreva-se para receber mais informações. Iremos promover e distribuir informações baseadas em experimentos e experiências para tornar a cadeia de produção de alimentos mais sustentável.

Sobre o autor

Tederson é Engenheiro Agrônomo, PhD e MBA. Tem mais de 20 anos de experiência em pesquisa e desenvolvimento (P&D) de tecnologias aplicadas à agricultura. Também trabalhou nas áreas de estratégia e gerenciamento de produtos em multinacionais nos EUA, Brasil e Argentina. Além disso, atua como investidor-anjo de startups brasileiras. Atualmente, é diretor de P&D de uma startup que desenvolve tecnologias mais sustentáveis para o manejo de pragas na agricultura. Recentemente publicou o livro “Prato Meio Cheio, Meio Vazio: conquistas, desafios e alternativas para alimentar a humanidade sem destruir o planeta”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *